Relatório de 2020 destaca atuação da Ação Social do Paraná durante a pandemia

A pandemia da Covid-19 nos desafiou a mudar a forma como nos relacionamos e os procedimentos do dia a dia com os quais estávamos acostumados. “Distanciamento” e “isolamento” passaram a ser palavras do nosso cotidiano.

Mas a Ação Social do Paraná não parou suas atividades. Pelo contrário, manteve a qualidade do seu atendimento, adotando todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus. Padre José Aparecido Pinto, Diretor Geral da ASP, destaca que o Relatório de Atividades apresenta “um pouco dos nossos desafios, conquistas, aprendizados e alegrias de 2020. Tudo isso foi possível porque contamos com apoio e solidariedade”.

O relatório mostra que o Centro de Educação Infantil Bom Pastor atendeu remotamente 166 crianças, garantindo, assim, seu direito ao desenvolvimento integral. Além disso, 21 profissionais do CEI tiveram seu emprego assegurado. No Asilo São Vicente de Paulo, 181 idosas foram atendidas e 185 colaboradores atuaram, seguindo rigorosas medidas de prevenção à Covid-19.

Os Restaurantes Populares serviram mais de 325 mil refeições e 294 mil marmitas, assegurando alimentação saudável em quantidade e qualidade nutricionais necessárias à população usuária.

O setor de Treinamento e Desenvolvimento promoveu 72 atividades de capacitação, incluindo formação sobre medidas de prevenção à Covid-19 e orientação sobre uso de equipamentos de proteção individual.

Os conselheiros que representam a ASP nas instâncias de controle social seguiram atuantes, como em anos anteriores, empreendendo esforços em diferentes áreas para o enfrentamento da pandemia.

O relatório também destaca a Ação Social do Paraná recebeu o Selo SESI ODS por suas boas práticas relacionadas à prevenção da COVID-19 e ações pós-pandemia.

Acesse o relatório em aspr.org.br/relatorio2020